Feijão paulista


A redução na produtividade das lavouras de feijão no estado de São Paulo está impactando os preços do grão. O feijão carioca já valorizou cerca de 41% neste mês, se comparado aos preços praticados em outubro. Há relatos de feijão negociado a R$ 240,00 a saca.
A chuva é o motivo deste desabastecimento. Segundo a consultoria Safras & Mercado, o excesso de umidade está prejudicando a qualidade do grão e a produtividade. Por isso, a estimativa é que a produção total da safra paulista não ultrapasse 1,5 milhão de sacas, sendo que metade já foi colhida e negociada.
Um problema exclusivo do feijão tipo carioca, já que o feijão preto quase não teve variação de preço no período. Isso porque, este mercado está sendo abastecido pelas safras da Argentina e do Rio Grande do Sul, onde as lavouras apresentam bom desenvolvimento.
De acordo com analistas, o preço do feijão carioca deve sofrer novas altas. Uma vez que as ofertas vindas de Minas Gerais e Goiás estão cada vez mais escassas e as lavoras do Paraná ainda em fase de crescimento ou frutificação. Portanto, o abastecimento neste período fica quase 100% por conta das lavouras paulistas.

Fonte original: Universo Agro