AgriSupport


Montes Claros, localizado ao norte de Minas Gerais, foi o município escolhido para dar início a implantação do aplicativo AgriSupport, projeto do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais, do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. O aplicativo - disponibilizado para aparelhos celulares - possibilita o registro fotográfico georreferenciado da área plantada e coleta de informações sobre o plantio, feito pelos pequenos produtores da agricultura familiar do semiárido brasileiro, com apoio dos extensionistas rurais da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater-MG).
O motivo da escolha do município está relacionado ao período de plantio na região, finalizado no mês de dezembro. Dessa forma, será possível coletar informações para acompanhamento, desde o início, do desenvolvimento das culturas.
Nos dados sobre o plantio, constarão informações atualizadas e precisas sobre o cultivar e manejo, como, por exemplo, das espécies e variedades cultivadas, datas de plantio e, principalmente, da distribuição espacial das culturas agrícolas no semiárido.
Em razão da participação ativa dos agricultores na coleta e envio de dados e informações - utilizando novas tecnologias e intercâmbio de informações científicas - o aplicativo possibilitará a criação de base de dados e informações. Essas informações permitirão subsidiar projetos científicos de interesse social, entre eles o do Sistema de Previsão de Risco de Colapso de Safras na Agricultura Familiar do Semiárido do Brasil, em desenvolvimento no Cemaden.
A apresentação do aplicativo e o trabalho de campo - utilizando os celulares e a coleta de dados - ocorrerão no próximo dia 20 de janeiro, na sede do Núcleo de Ciências Agrárias, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em Montes Claros. O Workshop “Risco de Colapso de Safra/Projeto AgriSupport” contará com a participação dos agricultores, extensionistas rurais, pesquisadores e instituições ligadas à agricultura e ao semiárido.
O encontro está sendo organizado pelo Cemaden em parceria com a Emater-MG, que dará todo o apoio técnico junto aos agricultores familiares.

Monitoramento da seca e impactos

O aplicativo AgriSupport faz parte do projeto desenvolvido em parceira entre o Cemaden, o International Institute for Applied Systems Analysis (IIASA) e o Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Mudanças Climáticas (INCT-MC), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).
Minas Gerais possui 39 municípios nas áreas rurais do semiárido brasileiro, localizadas nas regiões norte do estado e no Vale do Jequitinhonha. Nessas áreas, também estão em processo de instalação, pelo Cemaden, dos equipamentos de monitoramento agrometeorológico e de umidade, denominadas Plataforma de Coleta de Dados (PCDAgro e PCDAqua).
Além de Minas Gerais, estão sendo instaladas PCDs nos estados da Bahia, Ceará, Pernambuco, Piauí, Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas e Sergipe. Esses equipamentos enviarão dados ao Cemaden, informando sobre as condições agrometeorológicas e de umidade, o que permitirá ampliar as informações e dados para o monitoramento do semiárido brasileiro.
Nos municípios que integram o semiárido dos nove estados brasileiros - onde estão sendo instaladas as PCDs - os agricultores familiares poderão utilizar o aplicativo AgriSupport para complementar o banco de dados necessários à alimentação do Sistema de Previsão de Risco de Colapso de Safras na Agricultura Familiar do Semiárido do Brasil, em desenvolvimento no Cemaden.
Em dezembro do ano passado, o aplicativo foi apresentado aos pesquisadores do Instituto Agronômico de Pernambuco e da Universidade Federal de Pernambuco. Na reunião, foi realizada uma "oficina" para apresentação e instalação do aplicativo nos celulares dos agricultores do município Abreu e Lima (PE), testado durante o trabalho de campo na área rural.
Desde setembro de 2015, mensalmente, o Cemaden vem disponibilizando online os Relatórios da Situação da Seca e Impactos, apresentando dados sobre o monitoramento das condições hidrometeorológicas e de previsão climática sazonal.

Fonte original: Notícias Agrícolas