Café paulista


O café produzido pelos agricultores paulistas ficou entre os finalistas da 25ª edição do “Prêmio Ernesto Illy de Qualidade do Café para Espresso”, que foi realizada em São Paulo, no dia 6 de abril de 2016. O produtor Laerte Pelosini Filho, do município de Pardinho, ficou em 2ª lugar na categoria Nacional, recebendo o prêmio de R$45 mil, enquanto o produtor Norival Fávaro, que tem propriedade no município de Piraju, foi um dos vencedores da categoria "Minha História com o Café".
Para o secretário de Agricultura e Abastecimento, Arnaldo Jardim, que participou do evento, o Estado de São Paulo foi mais uma vez, destaque entre os finalistas, mas é o País quem ganhou com a qualidade dos grãos produzidos.
“Nossos produtores fazem a diferença, integrando aquilo que, de geração em geração, lhes permite dar novos passos no processo produtivo ", afirmou.
Para o engenheiro agrônomo Aldir Teixeira Leite, presidente da comissão julgadora do prêmio, o concurso foi criado para aprimorar o café brasileiro, “que tem características muito especiais que não são encontradas em outros países, como doçura, corpo e a presença do chocolate. Mais de 50% do blend da empresa italiana é composto pelo grão brasileiro e o prêmio buscou criar proximidade com os produtores”, explicou.