Bodas de prata


O Instituto Agronômico (IAC) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, recebeu em Campinas, no último dia 13, evento para comemorar mais um ano de vida da Fundação de Apoio à Pesquisa Agrícola (Fundag). O workshop “Fundag 25 Anos: Soluções e Alternativas para Pesquisa e Inovação no Agronegócio” contou com a presença do secretário-adjunto, Rubens Rizek, e reuniu pesquisadores e diretores dos institutos de pesquisa da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (Apta), que fizeram palestra sobre a importância da entidade para a viabilização das parcerias com a iniciativa privada.
A história da Fundag é ligada ao IAC. Quando fundada, seu nome, inclusive era Fundação IAC. Ao longo dos anos, abriu seu leque de atividade e já participou de mais de 1.900 projetos - apoia, atualmente, cerca de 30 instituições de pesquisa e inovação tecnológica. “O papel da Fundag é dar suporte as instituições de pesquisa, estreitar as relações entre os institutos e a iniciativa privada para o desenvolvimento de novas tecnologias e inovações”, afirmou Orivaldo Brunini, pesquisador do IAC e diretor-presidente da Fundação.
De 2010 a 2015, 539 projetos de pesquisa dos institutos e polos regionais de pesquisa ligados à Apta foram desenvolvidos em conjunto com a Fundag. Isso representa 76% de todos os projetos da Agência realizados com fundações de pesquisa. De acordo com Orlando Melo de Castro, coordenador da Apta, no biênio 2014-2015, o orçamento foi de R$ 616,4 milhões, sendo 75% desses recursos oriundos do Governo do Estado, 17,6% da iniciativa privada, 4,2% das agências de fomento estaduais e federais e 3,2% do Fundo Especial de Defesa.