Preços em alta


A alta no preço do feijão nos últimos meses e dos produtos de origem animal contribuíram para elevar em 5,12% a variação de preços dos produtos agropecuários em junho, conforme apurou a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, por meio do seu Instituto de Economia Agrícola (IEA). Dos itens pesquisados para o cálculo do Índice Quadrissemanal de Preços Recebidos pela Agropecuária Paulista (IqPR), 16 registraram alta de preços, sendo 11 produtos de origem vegetal e cinco de origem animal.
No topo do ranking, o preço do feijão apresentou aumento de 102,88% em relação a maio, seguido da banana-nanica (63,67%), da batata (32,63%) e do amendoim (26,18%). A carne suína aparece na quinta colocação, com variação positiva de 23,10% no valor no varejo.