PIB do Agronegócio


O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio cresceu 4,28% nos primeiros dez meses de 2016, segundo dados da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em parceria com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP.
A CNA/Cepea indica que o setor agrícola e o pecuário, em especial no segmento primário, a valorização real dos preços foi fundamental no desempenho positivo obtido entre janeiro e outubro do ano passado.
No acumulado até outubro de 2016, o segmento de insumos cresceu 3,43%, o setor básico 6,33%, a indústria 2,61% e o de serviços, 4,12%.
Especificamente no mês de outubro, o setor agrícola cresceu 0,29%, o de insumos 1,21%. O setor primário e de serviços cresceu 0,35%. A indústria, contudo, apresentou queda de 0,02% no período. Já o segmento de insumos agropecuários teve alta de 0,14% em outubro, acumulando nos dez primeiros meses de 2016, crescimento de 3,43%.