Genética Aplicada à Aquicultura


Segundo os organizadores, a produção de peixes no Brasil ainda é desenvolvida com base em espécies que não possuem programas de melhoramento genético, com algumas exceções como a tilápia da linhagem Gift.
“O melhoramento genético efetuado com peixes no exterior tem mostrado um grande potencial de ganho de crescimento por geração. Para tanto é necessário a identificação da variabilidade genética do plantel por meio de técnicas genéticas e uso de uma metodologia de seleção dirigida, com a identificação dos reprodutores e escolha das características de interesse. Cada nova geração melhorada serve de base para o próximo passo, formando famílias com a maior diversidade genética possível”, dizem os organizadores.
“Processo de domesticação”, “Aspectos relacionados à implantação e condução de programas de melhoramento genético”, “Programa de seleção para pequenas propriedades” e “Endogamia em peixes e análise molecular” serão alguns dos temas do curso.
O curso é voltado a estudantes, produtores, técnicos e demais interessados. O Centro do Pescado Continental fica na av. Abelardo Meneses, com acesso pela rod. Washington Luís km 444.
Mais informações: www.pesca.sp.gov.br/index.php/instituto/eventos-institucionais/279-genetica-aplicada-a-aquicultura e (17) 3232-1777 e 3234-3204.