Dia Nacional do Campo Limpo


O Sistema Campo Limpo (logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas) tem resultados expressivos a comemorar. São mais de 420 mil toneladas de embalagens corretamente destinadas desde 2002, quando o programa entrou em operação. Ao retirar dos campos 94% das embalagens plásticas primárias comercializadas, o Brasil se mantém como líder mundial em destinação adequada desse material. Essas conquistas serão celebradas em 18 de agosto, Dia Nacional do Campo Limpo.
O evento deve acontecer em mais de 100 unidades de recebimento de 22 estados do país. A abertura oficial acontecerá na Campo Limpo Reciclagem e Transformação de Plásticos, em Taubaté (SP). A cerimônia também marca o encerramento do projeto de recebimento e destinação ambientalmente adequada de defensivos agrícolas proibidos por lei – como o hexaclorobenzeno (BHC), no estado. Com a presença de representantes do governo estadual, entidades da área agrícola e diretoria do inpEV (Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias), o evento terá transmissão ao vivo pelo Canal Terra Viva, que também estará presente na central de Barreiras (BA) para acompanhar a celebração no município.
Com o tema “Quando cada um cumpre a sua parte, temos muitos motivos para comemorar”, a data reconhece a importância do envolvimento de todos os elos da cadeia agrícola – agricultores, canais de distribuição, fabricantes e poder público – para o sucesso do Sistema, que tem o inpEV (Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias) como núcleo de inteligência.
A celebração já reuniu mais de um milhão de pessoas de todo o Brasil desde sua primeira edição, em 2005, e vai mobilizar, além dos elos envolvidos no programa, a comunidade do entorno das centrais de recebimento de embalagens vazias. “É o momento de disseminar conhecimento sobre conservação ambiental e boas práticas no campo. Sempre em nome da saúde do planeta e das futuras gerações”, ressalta João Cesar M. Rando, diretor-presidente do inpEV.
Em São Paulo, as atividades serão promovidas por 14 centrais de recebimento. As cidades que comemorarão são: Araraquara, Piedade, Ituverava, São José do Rio Preto, Taquarituba, Bebedouro, Catanduva, Guariba, São Manuel, Paraguaçu Paulista, Casa Branca, Piracicaba, Bilac, além de Taubaté.
Entre as atividades, haverá o dia de Portas Abertas, quando as centrais recebem a comunidade para mostrar o funcionamento da operação. Outros tipos de atividades também acontecerão: o DNCL na Escola, concurso onde as escolas do entorno inscrevem ações organizadas por seus professores, com o objetivo de promover a conscientização ambiental junto aos alunos, e concorrem a prêmios; o DNCL Universitário, que promove ações voltadas para estudantes de ensino médio e universitário; o DNCL Ação com Agricultor, evento responsável pela difusão de novas tecnologias e soluções sustentáveis entre agricultores; o DNCL Solenidade, evento para homenagear ou receber autoridades; e a Ação Comunitária, que estimula o envolvimento da comunidade em práticas a favor do meio ambiente.