Inovação na agricultura


Melhorar a qualidade de vida do produtor rural, promovendo o aumento da produtividade da sua área, é uma das vantagens que a tecnologia pode proporcionar para a agricultura familiar como um todo. É o que defende a pesquisadora da Embrapa Daniela Bittencourt, que conversou com o programa Conexão Ciência sobre o tema.
A cientista foi uma das organizadoras do workshop "Estratégias para promover a inovação na agricultura familiar", que contou com a participação de várias instituições e órgãos governamentais que atuam com pesquisa, extensão rural e políticas públicas voltadas a esse segmento. Segundo a pesquisadora, o objetivo do evento foi discutir estratégias que promovam a produção sustentável de alimentos, fibras e energias com foco sempre na agregação de valor e no acesso ao mercado para os produtos provenientes da agricultura familiar.
Durante a entrevista, Daniela frisou a importância da integração de todos os atores para promover a inovação tecnológica nesse setor. “A pesquisa, o ensino, a extensão rural e o governo devem estar integrados para fazer com que o avanço tecnológico chegue até esses produtores. Precisamos de políticas públicas que propiciem esse ambiente favorável para o desenvolvimento do espaço rural”, explicou.
A pesquisadora falou ainda sobre a oportunidade de mercado para esse segmento da agricultura que está crescendo cada vez mais. “O consumidor está mais exigente, não só com a questão da qualidade do produto, mas também com o impacto ambiental, se realmente o produto está sendo produzido de forma sustentável. O agricultor familiar tem uma conexão muito forte com a preocupação com o meio ambiente, e seus sistemas produtivos, de maneira geral, são sustentáveis”, comentou Daniela ressaltando que essa situação abre portas para produtos orgânicos, veganos e mais saudáveis.