Controle biológico


O Brasil já conta com 143 produtos protocolados voltados para o controle biológico. Em 2010, eram apenas 19, o que configura um aumento de 652% em sete anos, segundo dados do ministério da Agricultura.
O crescimento desse tipo de combate vem de uma demanda da própria população, que busca cada vez mais um alimento livre de agrotóxicos, afirma Antonio Batista, presidente do Instituto Biológico. “Há alguns anos, não se levava a sério quem mexia com controle biológico. Hoje esse segmento já cresce pelo menos 20% ao ano no Brasil.”
O Instituto, que completou 90 anos em 2017, lançou em junho o Programa de Transferência de Tecnologia e Inovação do Controle Biológico —o PROBIO. O programa tem como função desenvolver pesquisas e serviços nessa área, além de promover a transferência desses resultados.