Equilíbrio macroeconômico


O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta quinta-feira (1º) dados do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro de 2017, apresentando crescimento de 1%, após dois anos de recessão. O resultado mostra que a economia brasileira começou a se recuperar no ano. O PIB encolheu 3,5% tanto em 2016 quanto em 2015, na maior recessão da história recente do país.
De acordo com o professor do mestrado em economia da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Pedro Raffy Vartanian, "a confirmação do crescimento do PIB em 2017 mostra, ainda que de uma forma gradual, a restauração do equilíbrio macroeconômico, com inflação sob controle e juros em queda”.
Em termos de setores, a contribuição do agronegócio foi importante e, segundo Vartanian "a questão fiscal ainda não foi solucionada, o que se mostra como um grande desafio para a retomada consistente do crescimento econômico".