Na mira


Na busca incessante de novos mercados, os fornecedores e produtores do setor do café brasileiro estão de olho no Canadá. O motivo é a propensão do país e a possibilidade de explorar as oportunidades que o mercado canadense oferece. De acordo com o próprio governo local, o Brasil tem potencial para ser um dos principais parceiros comerciais, pois é um dos mercados estratégicos para incremento nas relações comerciais. Considerando isso, o governo brasileiro incluiu recentemente o Canadá no Plano Nacional de Exportação (PNE) como um dos países prioritários.
Atualmente o país localizado no Norte do continente é o 9º maior consumidor per capita de café do mundo, com um crescimento de 3% ao ano. O Brasil responde por 23% das compras canadenses de café, sendo o segundo maior fornecedor do produto, atrás da Colômbia. O Canadá exporta, em sua grande maioria, café verde. Para o futuro, os negócios devem girar em torno das exportações de café com maior valor agregado. Atualmente, 91% do faturamento com exportações brasileiras de café é oriundo das vendas de grão verde.
7 produtores brasileiros, de diversas regiões do país, estiveram no Canadá em 2014 para alavancar negócios. Em outubro, uma nova missão desembarca para tentar incrementar as exportações do café.

Fonte original: Gazeta do Povo