RAIB 2018


Estudantes e pesquisadores científicos podem submeter seus trabalhos de pesquisa para serem apresentados na 31ª Reunião Anual do Instituto Biológico (IB-APTA), até 21 de setembro de 2018. Os trabalhos devem ser originais e relacionados às áreas de sanidade animal, vegetal, proteção ambiental, pragas urbanas, museologia, história da ciência, recursos humanos e saúde pública em arboviroses e zoonoses. Os resumos aprovados serão apresentados no evento em forma de pôsteres e publicados em suplemento da revista “O Biológico”. As normas para o envio dos trabalhos podem ser acessadas aqui.
A RAIB acontecerá de 5 a 8 de novembro de 2018, na Sede do Instituto Biológico em São Paulo, Capital. O evento tem como público alvo pesquisadores, docentes, estudantes de graduação e de pós-graduação e demais interessados em sanidade animal, vegetal, proteção ambiental, pragas urbanas, museologia, história da ciência, recursos humanos, saúde pública e sistema de gestão da qualidade em laboratórios de pesquisa científica voltados a instituições públicas e privadas.

Saúde Mundial e Agronegócios

“A temática da RAIB deste ano será Saúde Mundial e Agronegócios. Vamos tratar assuntos relacionados à saúde pública, especialmente as arboviroses e zoonoses. Muitas vezes dissociamos a saúde animal e vegetal da saúde humana. Essas são áreas de grande interseção e que, infelizmente, ainda falta diálogo entre os pesquisadores”, afirma Liria Hiromi Okuda, pesquisadora do IB, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, e coordenadora da RAIB. As arboviroses são doenças transmitidas por insetos e as zoonoses são enfermidades naturalmente transmissíveis entre animais e o homem.
Exemplo dessa proximidade é pesquisa do IB que vem estudando a possibilidade de ruminantes domésticos e selvagens, como bovinos, ovinos, bubalinos e cervídeo, na cadeia epidemiológica do vírus zika. A pesquisa analisa se esses animais atuam como reservatório da doença. Em 2016, o projeto do IB foi aprovado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) em uma chamada para prevenção e combate ao vírus zika. Foram destinados R$ 956.500,00 ao Instituto.

Fonte: APTA