Novo comando


O pesquisador Marcos Antonio Machado assumiu a função de diretor-geral no Instituto Agronômico (IAC), substituindo Sérgio Augusto Morais Carbonell, que esteve à frente da diretoria desde 13 de março de 2013. Machado foi diretor do Centro de Citricultura Sylvio Moreira do IAC de 17 de maio de 2003 a 1º de agosto de 2018, quando se tornou diretor-técnico do Centro de Programação de Pnonesquisa do IAC. Engenheiro agrônomo formado pela Universidade de Brasília, em 1978, tem mestrado em Fisiologia Vegetal pela Universidade Federal de Viçosa, em 1981, e doutorado em Agronomia, pela Justus Liebig Universitat (Alemanha), em 1987. Além das atividades no IAC, Machado coordena o Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Genômica Comparativa e Funcional e Melhoramento Assistido de Citros, apoiado pela FAPESP, pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Machado é membro da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) e do comitê assessor do CNPq na área de Biotecnologia. Participa como orientador de mestrado e doutorado em cursos de pós-graduação da Unicamp, nas áreas de genética, biologia molecular e biologia funcional e molecular; e na Unesp, na área de genética. Mais informações: www.iac.sp.gov.br. Fonte: FAPESP