MULHERES NO AGRONEGÓCIO


As mulheres estão conquistando o seu espaço em todos os setores da economia, inclusive naqueles tradicionalmente masculinos, como o agronegócio. Em 10 anos, a representação feminina no segmento cresceu em 7%, conforme dados divulgados pela Associação Brasileira de Marketing Rural e Agronegócio.
A prova disso é que a busca pela formação acadêmica aumentou. Segundo a vice-diretora da Esalq/USP, Marisa d’Arce, a presença feminina na Universidade já atinge, em média, 50%, nos cursos de graduação, especialmente, nas áreas de engenharia agrônoma.
 “O agronegócio nos remete a terra, que gera a vida, atividade com a qual a mulher se identifica. E a mulher é mais sensível a certas questões e o homem mais objetivo em outras. A soma dessas qualidades é positiva e produtiva”, finaliza Marisa.

Fonte original: Universo Agro