Ritmo forte


A média diária foi de 12,20 mil toneladas, alta de 44,8% frente ao mês anterior e incremento de 53,2% em relação a fevereiro de 2014.
Caso este ritmo se mantenha, o país devera fechar o mês com 243,30 mil toneladas de suco de laranja exportadas, aumento de 37,9% na comparação com janeiro.
As exportações brasileiras devem seguir em bom ritmo até o final da colheita 2014/2015, considerando a queda na produção norte-americana e o aumento do consumo interno.
O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) estimou que os estoques brasileiros deverão cair para o menor nível em cinco anos.
Esse cenário é reflexo da seca em 2014, que reduziu a produção de suco de laranja em 10,0%.

Fonte original: Portal do Agronegócio