Acordo em pauta


Uma comitiva da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), tendo à frente o superintendente técnico adjunto Bruno Barcelos Lucchi, o presidente da Comissão Nordeste, José Álvares Vieira, e Luis Cláudio Macedo, ambos da Federação da Agricultura do Rio Grande do Norte (FAERN) acompanhados do presidente da Federação da Agricultura do Ceará (FAEC), Flávio Saboya, do superintendente do SENAR/CE, Paulo Helder Braga e do assessor técnico da CNA, Edvaldo Filho, participaram hoje, 30 de março, de uma reunião com o superintendente de agronegócio do Banco do Nordeste (BNB), Luis Sérgio Farias Machado.
Segundo Bruni Lucchi, o objetivo da visita é a retomada da agenda do convênio de cooperação técnico celebrado entre o BNB, a CNA e o Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA), no dia 20 de novembro do ano passado, visando o fortalecimento da agropecuária através de recursos da ordem de 4,5 bilhões. Deste total R$ 800 milhões foram destinados ao Ceará.
Algumas ações já foram implementadas como os mutirões para renegociação de dívidas, onde o Ceará, foi o que teve maior participação, realizando renegociações em seis municípios: Quixadá, Itapipoca, Itapajé, Morrinhos, Marco e Baturité, envolvendo mais de 2 mil produtores. Bruno Lucchi disse ainda, que há necessidade de rever algumas ações e colocar em prática outras não menos importantes como a parte de capacitação dos produtores cabendo ao SENAR fazer esse trabalho e alguns pontos do plano agrícola de 2015.
Na ocasião da assinatura do convênio de cooperação o presidente do BNB Nelson Antonio de Sousa disse que “essa é a missão do banco, promover a agropecuária com competitividade”. Já o presidente da FAEC, Flávio Saboya disse que o referido acordo de cooperação é de fundamental importância para que o Sistema FAEC/SENAR-CE possa ampliar sua meta de capacitação do produtor que precisa estar preparado para enfrentar as adversidades climáticas impostas ao Nordeste, sem esquecer a questão da renegociação das dívidas, que o BNB tem procurado resolver compreendendo o momento atual. O superintendente do SENAR/CE, Paulo Helder Braga informou que em 2014, o SENAR capacitou 186 mil produtores e implantou 96 turmas do Pronatec, beneficiando mais de 1.900 produtores.

Fonte original: Canal do Produtor