PIB agropecuário


A economia brasileira registrou queda de 0,2% no primeiro trimestre deste ano, e o PIB chegou a R$ 1,408 trilhão. O fraco desempenho foi puxado pelos setores da indústria e de serviços. O segmento agropecuário impediu que os números de desenvolvimento fossem ainda mais baixos, afinal cresceu 4,7% no período, com faturamento de R$ 79,6 bilhões. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE – e foram divulgados no dia 29.
De acordo com o instituto, o agronegócio também manteve o bom resultando quando comparados aos números do primeiro trimestre do ano passado, onde o segmento cresceu 4,0%. Os números, são graças ao bom desempenho das lavouras de soja (alta de 10,6%), arroz (+0,7%), mandioca (+5,1%) e fumo (+1,7%). Apenas o milho apresentou variação negativa de - 3,1%.
O IBGE avaliou, ainda, que o consumo das famílias também diminuiu. Por outro lado, as exportações de bens e serviços crescerem 3,2 nos três primeiros meses do ano. Para 2015, a avaliação de economistas é que o PIB encerre o ano com queda de 1,24%. Esse seria o pior resultado da economia nacional em 25 anos.

Fonte original: Universo Agro