Destino correto


Em 2013, o Sistema Campo Limpo (logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas), formado por agricultores, fabricantes - representados pelo Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (inpEV), canais de distribuição e com apoio do poder público, encaminhou para o destino correto 4.769 toneladas de embalagens vazias de agrotóxicos em São Paulo. A quantidade é 5% maior, se comparado ao mesmo período de 2012.

O estado tem importante papel no cenário brasileiro de destinação das embalagens, e junto ao Mato Grosso, Paraná, Goiás e Rio Grande do Sul está entre os estados que mais destinaram neste ano. O grupo corresponde a cerca de 70% do total destinado no país nesse período.

De acordo com o estudo do inpEV, em 2013,foram retiradas do meio ambiente mais de 40 mil toneladas do material em todo o país. O resultado ultrapassa o total destinado no ano anterior. Desde o início de suas atividades, em 2002, o Sistema Campo Limpo já destinou mais de 280 mil toneladas de embalagens.