Soja Plus


A Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove) vai premiar no dia 31 de agosto, quatro produtores de soja de Mato Grosso e de Mato Grosso do Sul que apresentaram a melhor performance no Soja Plus, programa desenvolvido pela instituição de gestão econômica, social e ambiental da soja brasileira. A premiação acontecerá durante a Bienal dos Negócios da Agricultura Brasil Centro, que será realizada nos dias 31 de agosto e 1º de setembro, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande/MS.
O Soja Plus capacita gratuitamente o produtor rural distribuindo cartilhas e promovendo cursos sobre saúde e segurança no trabalho, adequação de construções rurais, novo código florestal, dias de campo em fazendas modelo e visitas técnicas para monitoramento de indicadores de desempenho.
Segundo a assessoria da Famasul, a Bienal da Agricultura acontece a cada dois anos, realizada rotativamente nas capitais dos Estados do Centro-oeste. A primeira ocorreu em Goiânia, a segunda em Cuiabá e agora é a vez da capital sul-mato-grossense. O evento é organizado pela Famasul - Federação da Agricultura e Pecuária de MS, pela Famato - Federação da Agricultura e Pecuária de MT, pela Faeg - Federação da Agricultura de Goiás e pela Fape-DF - Federação da Agricultura e Pecuária do Distrito Federal. O tema desta edição é “Conectando o campo e a cidade".
A Abiove realizará também na Bienal da Agricultura o 5º Seminário Nacional Soja Plus 2015, no dia 31 de agosto, a partir das 14h30. Para o diretor da Abiove, Bernardo Pires, o evento apresentará os resultados obtidos com o programa em quatro Estados: Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Bahia e Minas Gerais. "Mostraremos aos participantes no início um vídeo sobre a sustentabilidade da soja. O evento contará com a participação de personalidades do agro, como o presidente da Aprosoja/MT, Ricardo Tomczyk, o presidente da Abiove, Carlos Lovatelli, o presidente da Famato, Rui Prado e o vice-presidente do Banco do Brasil, Osmar Dias, que irão compor a mesa de autoridades na abertura do evento".
No seminário, o presidente da Aprosoja/MS - Associação dos Produtores de Soja de MS, Mauricio Saito, o Superintendente do Instituto Antônio Ernesto de Salvo do Sistema Faemg, Pierre Vilela; o diretor da Aiba - Associação de Irrigantes do Oeste da Bahia, Ivonir Mais e Ricardo Tomczyk falarão sobre as experiências dos produtores de seus Estados com a implantação do Soja Plus. "Os premiados, dois de Mato Grosso e dois de Mato Grosso do Sul, se destacaram nos indicadores ambientais, sociais e econômicos do Programa Soja Plus e os resultados dessas performances serão conhecidas pelo público da Bienal da Agricultura", ressalta Pires.
Após a premiação, os sojicultores relatarão suas experiências. Haverá também uma coletiva de imprensa com os representantes, palestrantes e premiados. "A Abiove viu como uma grande oportunidade aliar o 5º Seminário Soja Plus com a Bienal, devido à relevância do evento no cenário nacional. Isso vai fortalecer ainda mais o programa em relação aos produtores de Mato Grosso do Sul, uma vez que os mesmos conhecerão o trabalho desenvolvido pela Abiove. ", salienta Pires.
Com eventos paralelos, palestras, workshops e painéis de discussão, a Bienal da Agricultura apresentará questões estratégicas do setor. Além de demonstração de tecnologias de empresas ligadas ao setor, o evento terá discussões técnicas de temas específicos nas áreas da agricultura, pesquisa, ciência, tecnologia, clima e educação.
A Bienal dos Negócios da Agricultura Brasil Central está na agenda dos principais eventos do setor no País. O evento é promovido pelas federações agropecuárias do Centro-Oeste – Famasul, Famato, Faeg e Fape-DF - entidades que trabalham na defesa do produtor rural, agrupam serviços de aprendizagem e sindicatos e fazem parte da CNA – Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil.

Fonte original: Capital News