Receituário Online


Disponível para pesquisas na web, o Receituário Online é um portal de consultas fitossanitárias gratuitas sobre alternativas de controle às pragas, doenças e plantas daninhas de mais de 230 culturas de interesse econômico. Lançado recentemente pela Agrotis Agroinformática, o objetivo da ferramenta é auxiliar na utilização correta de defensivos, evitando desperdícios.
De acordo com dados da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), o uso de agrotóxicos no país aumentou aproximadamente 700% nos últimos 40 anos. Com isso, o uso adequado desses defensivos é considerado um desafio para a agricultura brasileira.
“Decidimos oferecer acesso gratuito a essas informações para toda a comunidade a fim de contribuir de forma efetiva com o uso dos defensivos, assim como nas pesquisas e buscas por alternativas mais eficientes de controle fitossanitário”, explica Marcelo Choinski, diretor da Agrotis.
Criado há 25 anos pela empresa, o banco de dados sobre controle fitossanitário e registro de defensivos disponibilizado no portal é o mais completo do Brasil, sendo utilizado por mais de três mil agrônomos em todo o país. Além disso, as informações são atualizadas frequentemente por uma equipe especializada e que mantem contatos regulares com os fabricantes e órgãos responsáveis pelos registros.
Segundo Choinski, usufruir de um banco de dados seguro é o começo para qualquer ação de combate as pragas nas lavouras. “Usar uma fonte confiável é a base para que a comunidade agronômica consiga dar recomendações corretas sobre o uso adequado de defensivos agrícolas”, alerta. O site está no ar no link: www.receituarioonline.com.br.

Emissão de receita

Para os usuários agrônomos e técnicos agrícolas que necessitarem emitir uma receita fitossanitária, o portal também oferece a alternativa mediante a aquisição de créditos pré-pagos. Para isso, basta se cadastrar no site e adquirir os créditos de forma online e emitir a receita.
A emissão também pode ser feita via desktop, versão criada pela Agrotis. Neste caso, não é necessária conexão com a web e as receitas são ilimitadas. Para empresas que possuem um sistema de ERP, a versão webservice é a mais indicada pois ela se integra ao sistema.

Fonte original: assessoria de imprensa