Boa safra no mercado de trabalho


Pesquisa recente da Fundação Dom Cabral, de Minas Gerais mostrou que 91% das companhias enfrentam dificuldades na hora de contratar, especialmente profissionais qualificados e as indústrias ligadas à produção agropecuária estão entre as mais afetadas. Esse movimento no mercado de trabalho ligado ao agronegócio é reflexo direto de safras cheias, de preços valorizados das commodities agrícolas, do aumento nas exportações e também da profissionalização das atividades dentro das porteiras.
Com a demanda em alta, não tem sido fácil para empresas do setor, agências de empregos e recrutadores encontrar rapidamente as pessoas certas para as vagas a serem preenchidas. Em 2013, a busca de indústrias do setor por trabalhadores para desempenhar cargos de média e alta gerência cresceu na Região Sul, de acordo com a consultoria de recrutamento e seleção de executivos Asap, que apontou alta de 25% nas contratações para empresas ligadas ao campo nos sete primeiros meses do ano passado.