Agricultura familiar


Os 20 mil voluntários que atuarão nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo FIFA 2014 receberão kits para lanches com produtos da agricultura familiar. O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) publicou uma chamada pública para comprar produtos de agricultores familiares.
“O objetivo é estimular o consumo consciente, gerar oportunidades de negócios e promover a inserção de produtos orgânicos e sustentáveis da agricultura familiar no mercado turístico em grandes eventos, como a Copa do Mundo de 2014”, afirma a assessora da secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, Laura Souza. Ela ressalta ainda que o legado dessa ação é criar uma cadeia produtiva mais estruturada para o setor, com inserção social, geração de emprego e renda e preservação ambiental.
Esta compra institucional – realizada por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) – dispensa licitação e é voltada para associações e cooperativas que produzem alimentos orgânicos e sustentáveis. As propostas e os documentos para habilitação poderão ser entregues entre os dias 10 e 21 de março.
Cada kit será formado por 10 itens: castanha de caju (100g), abacaxi desidratado (100g), banana desidratada (100g), barra de cereal (50g), biscoito integral (350g), biscoito sequilho (350g), castanha de baru (100g), castanha do Brasil (100g), mel em sachê (60g) e suco de diversos sabores (1,8 l). Cada organização (cooperativa ou associação) da agricultura familiar poderá concorrer a um ou mais de um item.
As organizações habilitadas também deverão apresentar uma prova dos produtos em quantidade equivalente a um kit, para avaliação quanto à sua apresentação e qualidade, podendo, inclusive, passar por testes laboratoriais. Depois da divulgação do resultado, previsto para o início de abril, os produtos deverão ser entregues em São Paulo (SP), entre os dias 13 de abril e 3 de maio.